VOTOS DO BIÊNIO E ÚLTIMOS VOTOS

Os "Votos do biênio" que cada jesuíta pronuncia dois anos depois de entrar no noviciado da Companhia prometendo pobreza, castidade e obediência perpétuas, são parte de um processo de incorporação definitiva à Companhia. Durante seus longos anos de formação, o jesuíta deve ser fazer-se conhecer e ir conhecendo, por sua vez, a Companhia de Jesus (em suas virtudes e limitações). Depois de ordenado, o jesuíta será chamado para executar uma terceira etapa de formação (Terceira Provação), depois da qual será chamado pela Companhia para incorporar-se definitivamente nela.

VOTO DE OBEDIÊNCIA AO PAPA

Nos últimos votos, o jesuíta é convidado a fazer um "quarto voto" que une todo o corpo da Companhia de Jesus e que promete "especial obediência ao Pontífice Romano sobre as missões" que ele queira confiar ao Corpo da Companhia ou a um jesuíta em particular. Esta é uma característica notória da vocação para a Companhia de Jesus: estar sempre disponível para as missões que a Igreja precise, encabeçada pelo Pontífice Romano.